top of page
Buscar
  • Foto do escritorMaycon Lozano

Superação

Gosto de pensar o processo terapêutico como sendo um processo de superação. Processo pelo qual uma pessoa aprende a lidar com dificuldades e desafios, desenvolvendo novas habilidades e comportamentos para lidar com a situação de forma mais eficaz. Passando a identificar de comportamentos problemáticos ou disfuncionais de seu comportamento ou do mundo que a cerca e aprendendo a desenvolver novas estratégias comportamentais que ajudem a pessoa a alcançar seus objetivos e superar obstáculos.


Um dos principais objetivos terapêuticos é ajudar a pessoa a identificar e superar comportamentos disfuncionais que podem estar impedindo seu progresso ou causando sofrimento emocional. Isso pode envolver a análise das consequências de comportamentos inadequados e a implementação de novos comportamentos que sejam mais saudáveis e adaptativos.


O processo de superação em si não é exclusividade da pratica terapêutica. O próprio processo de aprendizado e desenvolvimento natural do ser humano já é, em si mesmo, um processo de superação. Porem, por vezes nos vemos incapazes de superar certas barreiras ou dificuldades sozinhos, por desconhecer maneiras de superar o desafio ou por não conseguir avaliar o problema de maneira eficaz e assertiva. São nesses momentos que o processo psicoterapêutico se faz útil e necessário.


Além disso, a superação na psicologia comportamental também envolve o desenvolvimento de novos pensamentos, crenças e modelos que ajudem a pessoa a lidar com as emoções negativas que podem surgir durante o processo de mudança. Isso pode incluir a identificação de crenças disfuncionais ou irracionais e a implementação de novos comportamentos que sejam mais realistas e adaptativos.


“Em ultima instancia, os terapeutas são sempre catalisadores da mudança. Boa parte do processo terapêutico consiste em achar maneiras de introduzir alguma mudança substantiva mínima e presente que possa impactar e modificar as regras interativas[...]” (Moré,2006) Em outras palavras, o processo terapêutico é um processo de mudança, uma pratica disruptiva de tudo que está posto. É um convite para se dar um primeiro passo em um caminho novo.


Culminando na implementação de novos hábitos e rotinas que ajudem a pessoa a manter o progresso alcançado. Isso pode envolver a definição de metas realistas e alcançáveis, a implementação de um plano de ação e a criação de um ambiente que favoreça o desenvolvimento de novos comportamentos saudáveis e adaptativos. Em resumo, a superação é o objetivo final de um processo terapêutico. É o processo de aprender a se adaptar ao mundo interno e externo e a construir um repertório comportamental adequado e saudável.


Referência: Moré, C. L. O. O. (2006). Psicologia Na Comunidade, A: Uma Proposta de. Casa do Psicólogo.


0 visualização

Comments


Commenting has been turned off.
bottom of page