top of page
Buscar
  • Foto do escritorMaycon Lozano

Resiliência e Tolerância a Frustação

Chamamos de resiliência a capacidade de uma pessoa de se adaptar a situações adversas e superar desafios. É a capacidade de enfrentar problemas, suportar situações desagradáveis e buscar soluções. Pessoas resilientes possuem habilidades para lidar com situações de estresse, mudanças e dificuldades, e conseguem se recuperar rapidamente de momentos difíceis.


Podemos entender a resiliência “como um processo de adaptação aos eventos estressores que ultrapassa o simples ajustamento, pois envolve a mudança de crenças e de visão do mundo.” (de Souza,2006)


Esta habilidade está fortemente relacionada ao que chamamos de tolerância à frustração, que é a capacidade de uma pessoa de lidar com a frustrações e a incertezas em diferentes situações. Pessoas com alta tolerância à frustração são capazes de lidar melhor com situações difíceis sem perder o controle emocional, conseguindo manter uma atitude positiva e uma boa qualidade na tomada de decisões, se mantendo perseverantes diante dos obstáculos e desafios.


Ambas as habilidades são importantes para o desenvolvimento emocional, social e mental de uma pessoa, pois ajudam a lidar com as adversidades da vida. A resiliência e a tolerância à frustração podem ser aprendidas e desenvolvidas ao longo do tempo, através de diferentes técnicas psicológicas, como a terapia comportamental, a meditação e o treinamento de habilidades sociais. O desenvolvimento dessas habilidades é fundamental para uma vida saudável e equilibrada, permitindo que as pessoas enfrentem desafios e dificuldades de forma mais efetiva e saudável.


No entanto, é importante lembrar que a resiliência e a tolerância à frustração não significam que uma pessoa nunca irá se sentir triste, estressada ou frustrada. Se trata de aprender como lidar com esses sentimentos de maneira adequada e saudável. Essas habilidades ajudam a lidar com essas emoções e a superar os obstáculos, mas não as eliminam completamente. É normal sentir-se triste ou frustrado em certas situações, mas ter uma atitude resiliente e uma boa tolerância à frustração pode ajudar a superar essas emoções e a buscar soluções para os problemas.


Referência: de Souza, M. T. S., & de Oliveira Cerveny, C. M. (2006). Resiliência psicológica: revisão da literatura e análise da produção científica. Revista Interamericana de Psicología/Interamerican Journal of Psychology, 40(1), 119-126.

12 visualizações

Comments


Commenting has been turned off.
bottom of page