top of page
Buscar
  • Foto do escritorMaycon Lozano

Desamparo Aprendido

Desamparo aprendido é um fenômeno psicológico em que um indivíduo aprende a se sentir impotente e incapaz de controlar eventos em sua vida. Isso ocorre quando uma pessoa é submetida a frequentes punições e fracassos, sem que veja alguma possibilidade de controle ou mudança dessa realidade, e consequentemente, passe a acreditar que não pode fazer nada para mudar esta situação ou que essa é a única possibilidade de vivencia disponibilizada a ela.


“A definição oferecida na Análise do Comportamento para o desamparo aprendido remete à dificuldade de aprendizagem encontrada em indivíduos previamente expostos a estímulos aversivos incontroláveis.” (Ferreira,2013)

Se trata de um padrão comportamental frequente em indivíduos que passaram por situações aversivas incontroláveis, como vítimas de abuso físico ou emocional, que passam a desenvolver a crença de que não têm controle sobre suas vidas e que são incapazes de mudar suas circunstâncias.


As consequências do desamparo aprendido podem ser graves, incluindo depressão, ansiedade, estresse crônico e diminuição da motivação e iniciativa. Em casos mais graves podendo levar a pessoa a tal nível de desilusão e desespero que esta pode atentar contra a própria vida. No entanto, a terapia pode ser eficaz no tratamento deste quadro, ajudando o indivíduo a mudar seus comportamentos relacionados à impotência e a forma como entende o mundo a sua volta, desenvolvendo habilidades para lidar com situações difíceis.

Uma das técnicas utilizadas neste tratamento é a exposição gradual a situações desafiadoras, em que o indivíduo, auxiliado pelo psicólogo, aprende a enfrentar suas crenças negativas e a desenvolver habilidades para lidar com situações difíceis. Desenvolvendo estratégias de enfrentamento para os problemas que ajudam o indivíduo a lidar com a ansiedade e o estresse. E a busca por atividades prazerosas que possam proporcionar o sentimento de êxito e conquista que faltam a este sujeito. Ajudando o indivíduo a aceitar as situações difíceis e a desenvolver uma maior flexibilidade emocional e comportamental para enfrenta-las.


Em resumo, a psicologia comportamental pode atuar no tratamento do desamparo aprendido através de intervenções terapêuticas que ajudam o indivíduo a modificar suas crenças e comportamentos disfuncionais.


Referência: Ferreira, D. C., & Tourinho, E. Z. (2013). Desamparo aprendido e incontrolabilidade: relevância para uma abordagem analítico-comportamental da depressão. Psicologia: Teoria e Pesquisa, 29, 211-219.


23 visualizações

Comments


Commenting has been turned off.
bottom of page